O campo nome deve ser preenchido!

Fechar

Enviado com sucesso.

Cíntia Lopes

Fale Conosco

(47) 99965 8533

Receba nossas informações

Artigos

Os cinco pecados capitais da comunicação corporativa

Cíntia Lopes e Denise Ayres

Cerca de 60% dos problemas das empresas estão relacionados à comunicação. Parece simples. Todos acham que falar ou escrever é o bastante para que todos entendam o que deve ser feito. As dificuldades na comunicação escondem problemas de relacionamento, falta de inteligência emocional e liderança fraca. Vamos ver os cinco pecados capitais da comunicação que mais afetam as corporações.

Pressuposição – Você já ouviu a frase “Mas isso é óbvio!” Jamais cometa o pecado de achar que a pessoa entendeu tudo ou pensou a mesma coisa que você. O que é óbvio para você, pode não ser para o outro. Não pressuponha, pergunte! Aprenda a checar a informação. Verifique se a pessoa entendeu o que você falou, se o e-mail realmente chegou, e se está tudo claro. Repita as informações até ter certeza de que a pessoa entendeu.

Dar ordens, exigir, impor ou ameaçar. Ah, o pecado de se achar superior aos outros! Mandar apenas não basta. Essa postura cria hostilidades e ressentimentos. A pessoa faz o que você exigiu porque se sentiu obrigada e ameaçada. Procure estimular o trabalho cooperativo. Quando for necessário dar uma ordem, diga a outra pessoa que acredita na capacidade dela em fazer o que você solicitou e seja gentil.

Dar lição de moral. É outro pecado, muito comum entre chefes. Se o colaborador fez algo errado, não adianta você ficar dando lição de moral, principalmente na frente dos outros. Isso constrange as pessoas e elas se sentem ameaçadas. O correto é chamar a atenção de forma respeitosa e gentil. Converse com o colaborador em particular sobre o erro. Foque no que pode dar certo e em como fazer para resolver a situação. Ficar insistindo no erro não melhora o outro.

Negar o ponto de vista do outro. Tem gente que acha que está sempre correta e descarta o que os outros pensam. Negar os sentimentos ou ideias das pessoas pode ser muito destrutivo. Estamos na era do compartilhamento, por isso, considere o que o seu colega pensa. Nem sempre você está com a razão. As pessoas que têm sucesso na vida levam em conta a diversidade de ideias e posicionamentos, potencializando o melhor de cada um.

Criticar. Você é daquelas pessoas que criticam tudo? Então saiba que a crítica afeta a autoestima da pessoa e cria ressentimentos. O crítico tende a ser perfeccionista e intransigente e apenas considera seu próprio ponto de vista. Se for criticar, seja específico e dirija a crítica ao comportamento, sem atingir a identidade da pessoa com generalizações ou rotulações.

Evitar os cinco pecados capitais da comunicação exige vigilância constante para mudar comportamentos e incorporar atitudes que criem um ambiente harmônico para todos. O compartilhamento de ideias e o trabalho cooperativo são requisitos fundamentais para as empresas que desejam prosperar. A busca por resultados depende da comunicação eficaz que elimina barreiras e promove o empenho dos colaboradores.

Voltar Enviar Imprimir